top of page
Igreja cenografica.jpeg

Presencial

Cenografia Audiovisual 

Sobre o Curso

O curso presencial de cenografia busca dar diretrizes mais profundas para aqueles que querem compreender a criação do espaço para o audiovisual, suas especificidades sensoriais e técnicas, um rico percurso de aprofundamento e criação. Oriunda do teatro, a cenografia foi incorporada ao cinema a um campo maior de pensamento e materialização de projetos espaço-visuais, a direção de arte. Sendo um importante braço criativo e técnico do departamento de arte, é o saber na criação de espaços em obras ficcionais do audiovisual.


A arquitetura é uma das disciplinas de onde se extraem ferramentas, técnicas e conhecimentos que auxiliam o cenógrafo nas suas incumbências, seja na construção cenários em estúdios, o que requer um detalhamento técnico maior; ou na realização de intervenções em locações, ou seja, em espaços já existentes que precisam passar por alguma alteração física (pintura, construção ou derrubada de paredes, mudança de portas, etc).

 

O cenógrafo estuda as referências e ideias elaboradas pelo diretor de arte, auxilia a pensar nos materiais e texturas que possam caracterizar um espaço, fornecendo um clima ou conjunto de sensações que esses elementos traduzem. Faz os levantamentos, as maquetes digitais e os projetos técnicos, acompanha suas execuções na pré- produção ou nas equipes de frente, englobando a atenção aos trabalhos de cenotecnia, pintura de arte, serralheria, adereços cenográficos, etc.

 

Em produções maiores, o cenógrafo se atenta às extensões de set, pensando naquilo que será realizado na pós-produção ou ainda no momento da filmagem, com os painéis de led ou backdrops. O percurso do curso se inicia com a apresentação do que é a cenografia audiovisual, passando por sua história a partir de exemplos canônicos e, em seguida, os elementos básicos de um projeto cenográfico. Na sequência, a partir de um texto em comum, os alunes desenvolverão um projeto de cenografia a ser concebido e materializado através de várias etapas. Na primeira, a pesquisa de materiais e de sensações, realização de croquis e desenhos à mão livre, visita técnica, plantas baixas, maquete física, maquete digital com pós-produção no Photoshop e projeto executivo (cortes e elevações através do Google Layout). Numa segunda etapa, a construção dos cenários com pintura de arte e criação de adereços de cenografia. Por fim, a visualização do cenário construído através da câmera, já que se trata da cenografia para o audiovisual.

O curso conta com convidados atuantes no audiovisual brasileiro, com formações e experiências diversas, a fim de auxiliar os alunes em seus projetos criativos. Sejam bem vindes!

Conteúdo Programático

1. O Espaço Audiovisual
 

Construir para a câmera é o que diferencia a criação do espaço no audiovisual e no teatro. A partir de exemplos paradigmáticos do cinema e do audiovisual, serão abordados conceitos como mise-en-scène, espaço on e off, tipos de enquadramento, miniaturas e outros elementos de cenografia, de proporções do aspecto ratio mais utilizados e como eles alteram a percepção do espaço audiovisual.

2. Elementos da Cenografia
 

A aula apresenta as ferramentas conceituais e perceptivas que um cenógrafo precisa requerer: a sensibilidade aos mais diversos materiais e texturas, aos elementos arquitetônicos, a pesquisa de referências e de sensações necessárias para transmitir o conceito sobre o espaço a ser criado e como esse se esboça em documentos e moodboards específicos.

3. Visita Técnica
 

Propõe o estudo espacial de locações e/ ou estúdio a partir do levantamento métrico, fotográfico e do reconhecimento das qualidades plásticas das construções em questão.


A decupagem prévia do roteiro servirá como ponto de partida para a visita técnica.

4. Desenho à mão livre para estudo do espaço

O desenho à mão livre tem um papel fundamental no processo criativo por possibilitar maior uso da intuição. Nessa aula, o croqui será usado com uma ferramenta de estudo espacial, de escalas, formas, profundidades e não como representação de uma ideia concretizada. A proposta é soltar a imaginação e não se apegar à um nível de detalhamento específico. 

5. Planta Arquitetônica e mise-en-scène

Aborda fundamentos do desenho arquitetônico como ferramenta para o projeto de cenografia, seja em locações e/ ou estúdio. A disciplina fomenta o estudo da mise-en- scène a partir do desenho espacial bidimensional, tendo a planta como sua principal plataforma de investigação cênica.

6. Maquete Física
 

A maquete física sempre será um recurso rico para estudo de ambientes. Depois da criação da planta baixa, através de uma maquete de simples confecção, podemos estudar se o nosso ambiente será interessante para a câmera. Nessa etapa podemos avaliar melhor aberturas, profundidades e volumes.

7. Maquete Digital 1
 

Um dos softwares de mais fácil utilização para a apresentação de cenários em modelo tridimensional é o Google SketchUp e também um dos mais utilizados no audiovisual.
 

Serão demonstradas noções básicas de como criar o espaço tridimensional nesse software.

8. Maquete Digital 2
 

O Google Sketchup permite muitos níveis de acabamento e é uma ferramenta muito utilizada para apresentar o projeto. Nesta aula, vamos estudar maneiras de enriquecer o modelo com acabamentos, texturas, decoração e também os possíveis enquadramentos. 

9. Colagem Digital
 

Nesta aula, serão apresentados layouts ou outras formas de representações espaciais 3D que utilizam a colagem digital na arquitetura e no departamento de arte do audiovisual. Esse recurso estético e técnico pode dar mais complexidade e refinamentoàs texturas, volumes, materiais, acabamentos e escalas humanas. Também serão apresentadas fontes online de busca de materiais e representações humanas, como salvar as vistas do Sketchup e as principais ferramentas do Photoshop usadas paraesse tipo de técnica.

10 e 1 1. Sketchup Layout
 

Apresenta as principais funções do software SketchUp Layout e suas possibilidades enquanto ferramenta de detalhamento e documentação técnica de projetos de cenografia.

12 e 13. Cenotecnia
 

Estas duas aulas tem como objetivo capacitar pessoas para a montagem de cenário de forma prática e dinâmica através de exercícios e desenvolvimento de habilidades com
maquinário, ferramentas e orientação profissional. Abordaremos os processos de planejamento e leitura de projeto, materiais básicos para cenotecnia e montagem, reconhecimento das ferramentas e técnicas, montagem e finalização de um cenário.

14. Pintura de Arte
 

Um cenário ou set adquirem vida e se enriquecem quando é empregada a pintura de arte , aquele acabamento fundamental que reconstitui, a partir de técnicas específicas, envelhecimentos, criação de materiais e texturas inexistentes no cenário, como tijolos, pedras, musgos, bolores, fissuras nas paredes, etc. 

.

15 e 16. Adereço Cenográfico

Adereços são objetos ou elementos que precisam ser confeccionados e/ou adaptados, a partir de diversas demandas: sejam porque não existem no mundo real (uma árvore de cristal, por exemplo), seja adaptações de objetos existentes e que precisam serconfeccionados com outros materiais (uma cadeira a ser lançada na cabeça de um ator), um objeto existente que precisa de detalhamentos específicos (uma parede de madeira com plantas trepadeiras coloridas), etc. Na maioria das vezes, os adereços necessitam de materiais e técnicas específicas. Nestas aulas, os alunos aprenderão a criar um adereço de cenografia, ou seja, constituinte do espaço, seja ele um elemento real adaptado ou algo inexistente que precisa ser confeccionado, de modo que esteja de acordo com o projeto de cenografia desenvolvido ao longo das aulas.

17. Direção de Fotografia

A cenografia audiovisual, ao contrário da cenografia teatral, de eventos, etc, é concebida prevendo um espaço registrado pela e para a câmera. O encerramento do curso ocorrerá com a compreensão de como esse espaço e essa visualidade criados se comportam a partir dos diversos tipos de lente, de diferentes recursos de iluminação e das proporções de tela (aspect ratio) usadas nas produções audiovisuais. 

Coordenação e Corpo Docente 

Foto_Curaca_edited_edited.jpg

Laura Carvalho

Coordenação e Colagem Digital

Graduada em Audiovisual pela Universidade de São Paulo e mestre em Teoria e Estética do Audiovisual pela mesma instituição de ensino. Como diretora de arte, assinou projetos nacionais e internacionais como os longas El Día es Largo y Oscuro (México), The Swamp Dead Man (ambos em finalização), Agreste e Abraço, as séries francesas Death Corner e Demain si J’y Suis. É alumni do Berlinale Talents 2021 e fez residências artísticas sobre arquitetura no Japão e no Brasil. É membra do Production Designers Collective e da Bra.da Coletivo de Diretoras de Arte do Brasil.

PHOTO-2023-05-17-20-50-09.jpg

Fabio Souza e Equipe (Fabin Cenografia)

Cenotecnia, Pintura de Arte  e Adereço Cenográfico

Estudou Cenografia no Instituto Criar de TV e Cinema, formando-se em 2005, mesmo período que começou carreira na produtora Movi&Art, lugar onde despertou seu interesse e conhecimento pela iluminação, cenotécnica e contrarregragem. Em 2011, formou-se em Artes Plásticas pela faculdade Santa Marcelina, e a partir de então passou a dedicar-se integralmente a carreira de pintor de arte e cenografia em diversas produtoras de cinema, emissoras de TV e renomadas produtoras teatrais e musicais como O2 Filmes, Rede Globo de televisão, Snack, LC Cenografia, Cine Joia, Boutique Filmes, Time for Fun, etc. Hoje, alia mais de 17 anos de conhecimento e experiências na execução de projetos e realizações cenográficas por todo país, ao seu olhar criterioso e reconhecido no mercado com seu próprio empreendimento e equipe na Fabin Cenografia e Estúdio.

Flavia Galasso_edited.jpg

Flávia Galasso

Croqui, Maquete Física e Digital

Formada em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, com estudos em Cenografia em Lisboa. Em 2008, começou a fazer assistência de arte e cenografia para todos os programas da grade da MTV, bem como os placos mágicos dos VMBs (Video Music Brasil). Na sequência, entrou no meio do cinema, shows, séries e publicidades. Foi cenógrafa das séries Mila no Multiverso, Aruanas, Samantha! (ambas 2º temporada), Ninguém tá Olhando e 13 Dias Longe do Sol

WhatsApp Image 2023-02-25 at 15.13_edited.jpg

Paula Miron 

Maquete Digital  

Ex-aluna do Ateliê Bucareste e estudante de Arquitetura e Urbanismo. Tem realizado maquetes eletrônicas no audiovisual e na arquitetura. Atuou em publicidades como assistente de arte e trabalhou em grandes projetos audiovisuais como estagiária de arte: na série Cidade Invisível (2a temporada) e também no longa-metragem O Lado Bom em Ser Traída, da Netflix.

Rafael Blas_Perfil_edited.jpg

Rafael Blas

Planta Baixa e Sketchup Layout 

Arquiteto especialista em interiores (FAAP), mestrando em arquitetura (FAU-Mackenzie), com pesquisa híbrida em teoria da arquitetura e ambientes cinematográficos. É também graduado e comunicação/ RTV (Cásper Líbero).

 

Há mais de 17 anos no mercado audiovisual, tem passagem pelo cinema (longas e curtas), TV (novelas, séries e programas), filmes publicitários e videoclipes.

 

É professor em cursos de pós-graduação (lato sensu) do Centro Universitário Belas Artes de São Paulo e do Centro Universitário Senac, da Universidade Paulista.

PróximaS tURMAS

11 de Novembro a 29 de Novembro de 2024

Aulas de Segunda a Sexta-feira

11 a 22 de Novembro  10h às 14h00

12 de Novembro das 14h00 às 18h00

25 a 29 de Novembro das 9h00 às 18h00

Carga Horária: 82 Horas

Endereço:

Rua Padre Justino, 593 - Vila Pirajussara - Butantã

(11 a 22 de Novembro))

Fabin Cenografia

Rua Albuquerque Maranhão, 236 - Cambuci

(de 25 a 29 de Novembro)

Investimento

3.600,00 à vista ou

12x de R$ 330,00

*Associades APAN, APAA-PE, APAA-BA, APODEC BRA.DA, FIGA, FIAR, Mulheres Negras do Audiovisual, estudantes de universidades públicas (renda familiar de até 2 salários mínimos) e beneficiáries do Fies possuem 10% de desconto. 

**Ex-alunes da Bucareste possuem 10% de desconto. Caso  ex-alune faça parte das associações citadas, o desconto é de 15%. 

 

Inscriçã0

Obrigado! Em breve entraremos em contato.

bottom of page