DIREÇÃO DE FOTOGRAFIA

Sobre o curso

O curso tem como objetivo apresentar aos alunos os dois lados do trabalho do diretor de fotografia: o criativo, da arte, olhar e narração aliado ao  técnico, dos equipamentos, métodos e trabalho no set. 

 

O curso está desenhado para que o aluno reflita sobre como contar uma história, expressar as emoções dos personagens, as relações entre suas ações, para em seguida decidir como fazer esses conceitos aparecerem de fato numa obra audiovisual.

 

Dessa maneira o curso visa mostrar a importância do conceito e da linguagem, mas sempre levando isso para exercícios práticos com a presença de câmeras e outros equipamentos.

 

Ministrado principalmente pela coordenadora do curso, Taís Nardi, o programa conta com diversos profissionais do mercado convidados para falarem de suas especialidades: assistência de câmera, finalização de imagem, equipamentos de elétrica e maquinária e até direção de arte, proporcionando assim o contato do aluno com diferentes olhares sobre o set e o trabalho da fotografia.

 

O curso termina com a finalização de imagem dos exercícios filmados pelos alunos com câmeras e equipamentos profissionais. 

Programa

1 - Definição e funções do Diretor de Fotografia. As etapas de trabalho.

As equipes de trabalho no set de filmagem: câmera, elétrica e maquinaria.

Relação com outras equipes: direção, direção de arte, produção.

 

2 - Narrativa visual: Conceito, exemplos, aplicação na obra audiovisual

Intensidade visual. Contraste e afinidade.

 

3 - Composição: Formato (aspect ratio); Separação dos quadros (linhas);

Controle do olhar: brilho, cor, posição em quadro

 

4 - A construção do espaço. Perspectiva: pontos de perspectiva, diferenças de tamanho, profundidade de campo, movimentos, mudança de formato, separação tonal. Espaço profundo, espaço plano, espaço limitado, espaço ambíguo.

 

5 - Espaço na prática. Lentes: teoria e prática: introdução e utilização dos diversos tipos de lentes. Difragma: profundidade de campo, passagem de foco. 

 

6 - Assistência de câmera. Etapas do trabalho: pré-produção, filmagem, desprodução. No Set: equipe, relacionamento com outras equipes. Equipamento: checagem, manutenção. Teste de lentes: resolução e colimação (exercício prático). Controle do foco (exercício prático).

7 - Linhas e formas: percepção das linhas físicas e virtuais. Pontos de interesse do olhar, eixos dos objetos, trajetos reais ou virtuais. Contraste e afinidade em linhas: quantidade, qualidade, direção.

 

8 - Cor: Componentes básicos da cor. Contraste e afinidade em cor. Controle da cor: paleta de cores, temperatura de cor. Câmera, gelatinas e filtros, instrumentos de medição cor. Introdução ao conceito de color grading.

 

9 - Tom/exposição: conceito de escala de cinza e exposição. Contraste a afinidade tonal. Como controlar a exposição: ajustar o diafragma ou regular a luz?

Instrumentos: waveform, fotômetro, zebra, meter, false color. Como escolher o equipamento: latitude, ruido, curvas das câmeras, controle do ISO.

 

10 - Direção de arte. O trabalho do diretor de arte. Como ele vê e constrói a imagem. A parceria entre direção de arte e fotografia.

 

11 - Iluminação. Importância da luz – dramaticidade, realismo, intenções. Caractrísticas da luz: natureza, Intensidade e direção da luz. Luz principal, enchimento e contra-luz. Fontes de luz: os refletores. Controle da luz.

 

12 - Estudo do roteiro, locação, mapa de luz. Análises e referências.

Visita à locadora de equipamentos de elétrica: os tipos de refletores, seus usos e formas de manuseio. As ferramentas de controle da luz: rebatedor, difusor, bandeiras. 

 

13 - O look cinematográfico: como alcançá-lo em produções pequenas? A câmera: resolução, cor, curvas e LUTs. Os controles na câmera: shutter, WB, gain/ISO.

 

14 - Exercício prático de iluminação: refilmagem de uma cena de filme clássico escolhida pelos alunos.

 

15 - Movimento de câmera, dos objetos e das pessoas. Controle do movimento: dolly, mão, tripé, steadycam, movi. Visita à locadora de equipamentos de movimentos de câmera.

 

16 - Fotografia de documentário. A linguagem do documentário.

O trabalho de câmera: A expressividade da posição da câmera e do personagem.

Encarando os cenários reais, as luzes presentes, os elementos dados pelo universo representado. O trabalho em equipe. O diretor operador de câmera. O diretor de fotografia e sua relação com o diretor.

 

17 - A pós-produção de imagem. Diferença de color grading x color correction. Definição de componentes e nomenclaturas de um sinal de vídeo RGB. Sistemas de cor: aditivos e subtrativos. Leitura de instrumentos de crominância e luminância. Como passar sentimentos da narrativa para a sua imagem e como exprimir tecnicamente isso para o colorista. 

 

18 - Finalização de imagem dos exercícios filmados em um casa de finalização profissional (DOT Cine).

Próximas turmas:

6 a 31 de Janeiro de 2020.

Inscrições Abertas!

Aulas de segunda a sexta

Turma 1: das 10h às 13h

Turma 2: das 14h às 17h

Valor

R$ 3.280,00 (até 7x)

R$ 2.980,00 (à vista)

      R$ 2.680,00 (ex-aluno)

Carga Horária: 60 horas

Local: Rua Belmiro Braga, 119,

Vila Madalena - SP 

Taís Nardi, coordenadora e professora do curso, fala sobre ele.

PROFESSORAS

Taís Nardi — coordenadora do curso — é diretora de fotografia e produtora formada em Audiovisual pela Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo (ECA – USP). Dirige a Cigano Filmes desde sua fundação em 2011.Trabalha desde 2002 como diretora e assistente de fotografia em produções nacionais de curta e longa-metragem, tendo sido responsável pela direção de fotografia de mais de 15 curta-metragens e programas de TV, 3 longa-metragens documentário e participado de mais de 20 longa-metragens como assistente de câmera, entre eles "Serra Pelada", "Tropa de Elite 2", "Na estrada", "É Proibido Fumar" e "Hoje".

 

Em 2017, terminou seu mestrado na ECA-USP com a dissertação “Imagens do desvario: narrativa visual de estados alterados de percepção”. Atualmente trabalha em seu doutorado sobre a poética na direção de fotografia também no Programa de Pós-graduação em Meios e Processos Audiovisuais da ECA-USP.

Karla da Costa começou sua carreira no mercado cinematográfico em equipe de câmera, como vídeo assist e 2° Assistente de Câmera, no ano de 2000. A partir de 2011, como  1° Assistente de Câmera, realizou trabalhos em curtas e longas metragens: “Senhores da Guerra”,  “A Primeira Missa”, “Fios de Ovos”, “As Boas Maneiras”; séries de TV : “Família Imperial”, “Agora Vai”, “Sessão de Terapia II” e documentários: “Tokiori, as dobras do tempo”, “ Pixadores”. 

Participa do projeto: Orientação fotográfica - Projeto Aprendiz de Cinema – “Le Cinema centaus de jeu nesse”  - Escola Carlitos. Desde  2014 vem realizando trabalhos em fotografia: “Fragmentos de um si” ,  curta/doc: “Clandestinas”, documentário: “Ayurveda, a cura possível” , "3 Jóias".

Realizou a direção de fotografia do documentário "Bixa Travesty", dirigido por Cláudia Priscilla e Kiko Goifman. 

Marília Scharlach nasceu em São Paulo em 1981. Se formou em Audiovisual, com especialização em fotografia pela Escola de Comunicação e Artes (ECA/USP). Desde 2004 trabalha como fotógrafa e realizadora, tendo ganhado vários prêmios como o de Melhor Direção de Fotografia de Curta-metragem no 37º Festival de Brasília e o de Melhor Curta-Metragem 33ª Mostra Internacional de São Paulo. Como documentarista dirigiu o média metragem "No traço do invisível", sobre o trabalho do grafiteiro Zezão, e fotografou inúmeros filmes e programas para televisão como "Conversas de Salão", de Maíra Buhler e "Teimosia da Imaginação", de Hilton Lacerda.

Samanta do Amaral é formada em Comunicação Social - Habilitação em Rádio e TV pela Unesp - Universidade Estadual Paulista. Lá se apaixonou pela técnica de animação em massinha e realizou como projeto de conclusão de curso, o curta de animação "Infidelidade", em parceria com Cecília Lara. O curta teve significativa passagem por diversos festivais do Brasil, tais como Anima Mundi 2004, Curta Mogi (2o. lugar melhor vídeo), Festival de Cinema de Ribeirão Preto e GRANIMADO-Festival de Animação de Gramado. 

Em 2006 estreita relação com a fotografia cinematográfica e ingressa no mercado de pós-produção de imagem. Acumula passagem pelos maiores estúdios de finalização do Brasil, primeiramente como assistente de color grading nos Estúdios Mega, colorista no grupo Teleimage/Casablanca e colorista sênior e gerente do departamento de Color Grading na Cinecolor Digital do grupo Chile Films. 

 

Laura Carvalho é diretora de arte e pesquisadora sobre cor, graduada em Audiovisual pela Universidade de São Paulo e mestre pela mesma instituição de ensino. Assinou a arte de projetos do Canal+ (França), duas animações em coprodução com a Itália, uma cenografia em Singapura, dentre filmes de longa, curta, institucional e performance audiovisual no Brasil. Realizou residências artísticas no Japão e no Brasil sobre arquitetura e cor. Apresentou os resultados de sua pesquisa sobre cinema e cor em países como Japão, Espanha e Inglaterra. 

Mais informações: www.lauracarvalhoarte.com

*Todos os professores são profissionais atuantes no mercado cinematográfico, e poderão ser eventualmente substituídos.

atendimento@bucareste.com

Tel. (11) 99910-6048

     

Horário de funcionamento:

Segunda a Sexta / 10h às 22h

Sábado / 10h às 17h

Atendimento pessoal somente com hora marcada