DOC GUERRILHA

Edição Especial

Sobre o curso

Alguns dos aspectos essenciais do processo de realização de um documentário de curta-metragem serão apresentados, discutidos e praticados ao longo das duas aulas. O foco, entretanto, é direção, fotografia e som.

É um curso bastante intenso que tem como objetivo a filmagem de um documentário de curta-metragem de até 5 minutos de duração. 

 

Programa resumido 

1 - Introdução ao documentário, as questões fundamentais do gênero. O que vem a ser e quais os principais tipos. 

2 - Direção de documentário: escolha do tema e estratégia de abordagem.

3 - Introdução à captação de som direto; microfone direcional e de lapela; posicionamento dos microfones e uso do gravador. 

4 - Fotografia de documentário: questões fundamentais e principais impasses.

5 - Como escolher a câmera, tecnologia e formatos; enquadramento; exposição; balanço de branco etc.

6 - Os alunos realizarão um documentário de curta-metragem com um tema sugerido pelos professores.

7 - Montagem dos exercícios. Exibição e análise dos curtas do ponto de vista da direção/montagem, fotografia e som.

Próxima turma: 30 de setembro e 1 de outubro

 

Horário: dia 30, das 9h às 18h

               dia 1, das 9h às 13h

Valor do curso: R$ 290,00 (à vista)

                          R$ 330,00  (até 3x)

Carga Horária: 12 horas

Local: Rua Belmiro Braga, 119 - Vila Madalena 

PROFESSORES

Cláudio Gonçalves estudou Ciências Sociais na USP e Direção Cinematográfica na Escuela Internacional de Cine y TV de Cuba. Escreveu, dirigiu e editou os longas-metragens independentes “Loveless” , menção honrosa no CineEsquemaNovo de 2009, e “Foda-se, Meu Amor!” (vimeo.com/186453357). Produziu, dirigiu e editou diversos videoclipes de bandas independentes veiculados na MTV e na TV Cultura. Dirigiu os curtas-metragens “La Calle”, “Entre Cuatro Paredes”, “Um Sequestro”, “Campanha” e  “Hotel Improvável” (vimeo.com/137552279). Também dirigiu o documentário “El Estado de La Fabrica”, vencedor de vários prêmios em Cuba.

 

Fez parte do júri da 16ª e da 17ª edição do Festival Internacional de Curtas-Metragens de São Paulo. Ministrou oficinas de cinema em diversos estados brasileiros: Piauí, Brasília, Pará, Espírito Santo e interior de São Paulo. 

Rafael Nobre é Diretor de Fotografia e Professor. Formado em Ciências Sociais pela Universidade de São Paulo, com ênfase em Antropologia Visual e da Performance, e Sócio da Associação Brasileira de Cinematografia (ABC).

 

Fotografou diversos longas, curtas e documentários. Fotografou o documentário Mataram Meu Irmão, dirigido por Cristiano Burlan e vencedor do festival é Tudo Verdade 2013, prêmios da crítica e do júri, além dos longas Amador (2014), selecionado para a 17º Mostra de Tiradentes e Hamlet (2014), selecionado para o Festival do Rio de 2014. Foi colorista do longa-metragem Sinfonia para um Homem Só, finalista da Mostra São Paulo de Cinema de 2013.

atendimento@bucareste.com

Tel. (11) 99910-6048

     

Horário de funcionamento:

Segunda a Sexta / 10h às 22h

Sábado / 10h às 17h

Atendimento pessoal somente com hora marcada