DOCUMENTA, PRÁTICA E REFLEXÃO

Sobre o curso

 

O curso DOCUMENTA é uma imersão na teoria e prática do documentário autoral, buscando ampliar o repertório de estruturas narrativas, de abordagens e de linguagens na apropriação da realidade pelo cinema contemporâneo.

 

Com um corpo de professores realizadores premiados e que empreendem o exercício contínuo da pesquisa, reflexão e ensino, o curso se destaca como uma potente experiência de pensamento pragmático na criação, planejamento e realização de filmes do gênero, destacando documentários de arte e sobre arte. 

 

Promovendo aulas expositivas e a oportunidade de realização de filmes com orientação de professores de Roteiro, Direção, Produção, Fotografia, Som e Montagem, o aluno amplia seu repertório de referências, aprende a se organizar em grupo para tornar um projeto concreto e ainda sai com um filme no seu portfolio para submeter ao circuito de festivais no Brasil e mundo a fora.

 

A partir da formação de grupos de trabalho com os alunos, o processo de criação e montagem é acompanhado de perto pelos professores. A responsabilidade da produção dos curtas fica inteiramente a cargo dos alunos. A escola fornece ilhas de edição e equipamento profissional de som e fotografia. Conhecimento ou pequena experiência com o software de edição Adobe Premiere são conhecimentos prévios sugeridos pelos professores, embora não necessários.

O curso é voltado para profissionais de cinema, fotografia, música e jornalistas de qualquer idade, assim como artistas visuais, arquitetos e urbanistas. Também podem participar estudantes universitários e de escolas de arte.

Programa Resumido

 - Apresentação do curso  -  História e Abordagens I

 

 - História e Abordagens  II e III

 

 - História e Abordagens  IV - Criação I

 

- Conversas Informais -  IDEIAS: definição dos grupos

 

- Roteiro I e II

 

- Fotografia I e II

 

- Apresentação roteiros - Montagem

 

- Som I e II

 

- Aula prática de som, fotografia e direção

 

- Filmagem

 

- Roteiro de montagem I - Tutorial de edição

 

- Prática de montagem - Roteiro de montagem II

 

- Apresentação 1º corte - Prática de montagem

 

- Produção: editais, festivais e distribuição - Finalização e roteiro de montagem III

 

- Ajustes finais  - Apresentação para convidados

Obs.: Devido à agenda dos profissionais, eventuais substituições de professores pode ocorrer sem alteração do conteúdo programado.

Próxima turma: 7 a 26 de Janeiro de 2019

Aulas de Segunda a Sábado, das 9h30 às 17h.

Valor: R$ 3.580,00 (à vista)

           R$ 3.700,00 (em até 6x)

           

Carga Horária: 105 horas

Local: Rua Belmiro Braga, 119,

Vila Madalena - SP 

PROFESSORES

Marcela Lordy (1974) é realizadora e roteirista. Graduada em cinema na FAAP, foi assistente de direção de Walter Salles, Hector Babenco, Murilo Salles, Daniela Thomas e Carlos Nader. Entre o cinema, a tv e as artes visuais seus filmes ‘Sonhos de Lulu’ (2009), ‘A Musa Impassível’ (2010), ‘Aluga-se’ (2012) e ‘Ouvir o Rio: uma escultura sonora de Cildo Meireles’ (2012) foram programados em festivais como Toulouse, Bafici, Havana, Rio, Shangai, Huesca, e exibidos na 31ª Bienal de Arte de SP, Museu da Língua Portuguesa, 11ª Flip e Brazilian Endowment for the Arts em NY.

 

Em 2012, fundou a CINEMATOGRÁFICA MARCELA, uma empresa de produção audiovisual dedicada ao desenvolvimento de conteúdo para televisão e obras de caráter cultural, comprometidos com um cinema independente e inovação de linguagem, passando a coproduzir os filmes de sua autoria. De 2014 a 2017 coordenou os cursos de documentário da Academia Internacional de Cinema. Foi júri oficial da 16ª Goiânia Mostra Curtas e, como curadora, integrou o comitê de seleção do 24º Festival internacional de Curtas Metragens de SP; fez parte da comissão de análise de projetos do “ Brasil de Todas as Telas" para o município de Goiânia, em 2015; e do BrLab, em 2017. Para tv dirigiu episódios da série infanto-juvenil 'Julie e os Fantasmas’, indicada para o internacional Emmy Awards 2012, e da série ‘Passionais’, veiculada na Globosat. Atualmente prepara seu 1º longa metragem de ficção, baseado numa obra de Clarice Lispector. www.marcelalordy.com 

Andre Fratti Costa, coordenador do curso, é formado em cinema pela FAAP e Mestre pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP. Andre é professor universitário da graduação de Cinema, de TV e de Artes Visuais na FAAP. Fundador da Olhar Periférico Filmes. Recebeu diversos prêmios como diretor de documentários, entre eles, o Rumos Itaú Cultural Cinema e Vídeo 2006/2007, com o projeto cinematográfico Histórias de Morar e Demolições. Durante os anos de 2010 e 2011, foi curador permanente da Mostravídeo do Itaú Cultural, realizada mensalmente em Belo Horizonte e em Curitiba. Foi também membro do Comitê de Programação e Seleção do 16º Festival Internacional de Arte Eletrônica Videobrasil em 2007. Foi especialista Membro da Comissão de avaliação de projetos cinematográficos do MINC/ SAV,  da Sec. de Cultura do Estado de SP, Prêmio Estímulo de Curta-Metragem de SP. É curador do MOVE CINE ARTE Festival Internacional de Filmes sobre Arte que esse ano acontece em São Paulo, Veneza e Paris.

Edson Secco é artista sonoro. Com formação em Música, Tecnologia e Cinema, atua como Músico, Produtor, Compositor e Sound Designer.  Ganhador de três prêmios (Festival de Brasília, 2010 e 2013, Festival de Gramado, 2013) e três nomeação (Academia de Cinema Argentino, 2015, Platino 2016 e Silver Condor 2016) de Melhor Desenho de Som , compôs a sonoridade de filmes como A Terra Treme, de Walter Salles, Cinema Novo, de Eryk Rocha, Paulina (La Patota), de Santiago Mitre, ambos vencedores de melhor filme no festival de Cannes em 2016 e 2015, respectivamente; Entre Idas e Vindas, de José Eduardo Belmonte, Invisible  de Pablo Giorgelli; Dominguinhos, de Joaquim Castro e Mariana Aydar, ELENA, de Petra Costa, Depois da Chuva, de Cláudio Marques, JARDS e Transeunte de Eryk Rocha, entre outros.

Rafael Nobre é Diretor de Fotografia e Professor. Formado em Ciências Sociais pela Universidade de São Paulo, com ênfase em Antropologia Visual e da Performance, e Sócio da Associação Brasileira de Cinematografia (ABC).

 

Fotografou diversos longas, curtas e documentários. Fotografou o documentário Mataram Meu Irmão, dirigido por Cristiano Burlan e vencedor do festival é Tudo Verdade 2013, prêmios da crítica e do júri, além dos longas Amador (2014), selecionado para a 17º Mostra de Tiradentes e Hamlet (2014), selecionado para o Festival do Rio de 2014. Foi colorista do longa-metragem Sinfonia para um Homem Só, finalista da Mostra São Paulo de Cinema de 2013.

Yuri Amaral vive e trabalha em São Paulo. Se formou em Audiovisual na Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo, com ênfase em Direção e Montagem, orientado pela montadora Vânia Debs. Seu primeiro curta, ELETROTORPE, de 2009 recebeu inúmeros prêmios em festivais brasileiros. Em 2010, ajudou a fundar a produtora PRETA PORTÊ FILMES e montou filmes como CORES E BOTAS, de Juliana Vicente. Em 2012, firma sua carreira como montador de documentários, com foco na experimentação de linguagens, trabalhando com a diretora Marcela Lordy em OUVIR O RIO: Uma escultura sonora de Cildo Meireles, com Juliana Vicente em LEVA e com Renê Guerra em QUEM TEM MEDO DE CRIS NEGÃO?. Em 2013, estreou seu curta THE BEST OF LAMBADA na Mostra de Cinema de Tiradentes. Também produziu LA ULTIMA FRONTERA, com o qual recebeu prêmios no Curta Cinema e no Kinoforum. Em 2014 montou para o DocTV Latinoamérica GUATAHA, de Clarissa Knoll e o longa de ficção ANNA K., de José Roberto Aguilar, onde também trabalhou como Diretor Assistente. Em 2015 montou o documentário A PAIXÃO DE JL, também de Carlos Nader, com o qual ganhou o festival É Tudo Verdade 2015, o Mix Brasil, além do Prêmio Especial do Júri no 37º Festival Internacional do Novo Cinema Latino-Americano de Havana. Em 2017, estreia no Visions du Reel com MEU CORPO É POLÍTICO, documentário de Alice Riff.

Todos os professores são profissionais atuantes no mercado cinematográfico, e poderão ser eventualmente trocados

atendimento@bucareste.com

Tel. (11) 99910-6048

     

Horário de funcionamento:

Segunda a Sexta / 10h às 22h

Sábado / 10h às 17h

Atendimento pessoal somente com hora marcada